quinta-feira, 7 de maio de 2009

Amor Próprio

Maio é muito mais que o mês das noivas. O quinto mês do ano é também o mês da masturbação, pelo menos nos Estados Unidos. Acho que essa é uma parte da cultura americana que vale à pena importarmos.

Tudo começou com Minnie Joycelyn Elders, Surgeon General (uma espécie ministra para assuntos de saúde pública) dos EUA. Em 1994, ela falava às Nações Unidas em uma conferência sobre AIDS, quando perguntaram se não seria apropriado promover a masturbação como forma de prevenir o envolvimento de jovens em atividades sexuais de risco. Elders respondeu que a masturbação é parte da sexualidade humana e que talvez devesse ser ensinada. O resultado? O então presidente, Bill Clinton, deu uma de Roberto Justus e disse "você está demitida".

No ano seguinte, o sex shop Good Vibration instaurou o mês nacional da masturbação. O prazer solitário (ou não, para os que resolverem praticar masturbação mutua) ganha destaque na mídia em maio. A campanha visa que as pessoas conheçam melhor o próprio corpo, se satisfaçam de uma forma mais segura e, claro, aumentem as vendas de vibradores e outros acessórios que a loja coincidentemente possue em suas prateleiras.

Com interesse ou não, a campanha me parece algo muito digno, então manifesto aqui o meu apoio. Divulguem o mês da masturbação, troquem idéias com os coleguinhas sobre o assunto e pratiquem assim que chegarem em casa. Quem sabe um de nós não consegue derrotar o vencedor do Masturbate-A-Thon, Masanobu Sato, que ficou "soltando pipa" por incríveis 9 horas e 58 minutos? Boa sorte pra quem for tentar...

3 comentários:

  1. 0o

    jurava que existia dia de tudo! menos da masturbação!

    que divertido!

    ResponderExcluir
  2. huahuahua
    Quem dera fosse um dia, é logo um mês inteiro!

    ResponderExcluir
  3. Eu tava tentando praticar todo dia desse mês, mas já desisti tem um tempinho.

    ResponderExcluir